Você faz um esqueminha antes do rascunho?

Ontem minha aluna online, uma vestibulanda, me disse que não está mais  fazendo o planejamento do texto. Sabe aquelas flechinhas, aqueles balõezinhs e itens que se costuma fazer antes de começar o rascunho? Pois é, ela não está mais fazendo!

Ela disse que, depois de aprender a dialogar com os textos fornecidos e depois de escrever como ela fala, o planejamento ficou no passado! Ela escreve mais rápido!

Achei muito legal pra contar pra vocês! 🙂  Dá uma nova esperança, né?

____________________________________

Você não curte muito sua redação, né?

Seu problema é com o inglês?

Anúncios

Você usa muito senso comum?

O que é senso comum?

Claro, você deve saber, senso comum é aquela ideia, aquela forma de pensar, que é a mais comum, mas que pode já estar ultrapassada, ou pode até ser equivocada.

Quando somos mais jovens, lá pelo ensino fundamental, é bem natural usarmos senso comum: coisas que ouvimos dos mais velhos, gente que para nós estão sempre certa. Depois vamos percebendo que os mais velhos não estão sempre certos, e começamos a pensar mais com nossa cabeça, e nos basearmos mais no que vemos do que no que falam para nós.

Vou dar um exemplo que dei para uma aluna minha. Acho que todo mundo concorda que as mulheres de “antigamente” eram mais submissas aos homens. Vamos imaginar esse “antigamente” como sendo o Brasil colonial, agora – poderia ser qualquer “antigamente”. O que você diria? As mulheres do Brasil colonial eram submissas aos maridos? As mulheres escravas eram?

Pois bem, leia estes dois trechos em sequência, de um livro sobre a história das mulheres no Brasil colonial:

Interessante, né? O  livro foi escrito por uma doutora em história, do Texas, Sandra Graham, e levantou documentos da região do Vale do Paraíba paulista. Chama-se Caetana diz não. 

Como você vê, senso comum é uma generalização muito arriscada, e… às vezes vai te enganar por muito tempo!

_______________________________

E como não usar clichês?

Alerta importante para seu bolso