Ache o sujeito se for capaz…

Observem esta redação abaixo, de meu aluno concurseiro. Especificamente, leiam o parágrafo que começa com “O eleitor que…” e prestem atenção à frase que começa com “E com a adoção…”:

 

 

Notaram alguma falha nesse frase que citei?

Ela não tem sujeito, e não está clara. Diga-me: qual o sujeito de “representaria”? Quem representaria a real vontade?! Você não vai conseguir encontrar.

Na verdade, o aluno queria dizer

“E a adoção do voto facultativo representaria a real vontade do eleitor, etc etc”

Sim, eu eliminei o “com”! Ele era inútil, não servia para nada, e ainda estava atrapalhando, porque o sujeito estava lá – era “a adoção do voto facultativo”! Agora sim, sem o “com”, ali está o sujeito!

Veja se você entendeu, porque é falha muito comum, inclusive na fala do pessoal que dá entrevistas em mídia!

_____________________________

Como escrever tudo em 30 linhas?

Curso com resultado imediato eu tenho este aqui…

Anúncios

E se cair “bilhete” na prova de redação?!

Queria muito mostrar pra vocês um caso de alguém de 5 anos que sabe se comunicar melhor que muita gente grande!

Ele é contado pela minha colega, professora Andréa Motta, do RJ:

O bilete do Gabriel

 

Esse vai longe! 😀

________________________________

Você fala errado?

Introdução é índice?