“Em vez de” ou “ao invés de”?

Observe  como minha aluna online Giulia, candidata a Medicina, usou a expressão sublinhada:

“Uma maneira de mudar essa realidade é a interferência no estatuto da criança e do adolescente nas etapas de adoção, de modo que ao invéz de deixar as pessoas especificarem o perfil que desejam, as deixam ter experiências com diversos perfis,…”

Essa expressão, do jeito que ela escreveu, não existe. Mas existem duas que ela misturou!

Existe “em vez de” e existe “ao invés de”, sabia?!

 

Em vez de = em lugar de. Serve para mostrar uma substituição. Eu posso escrever “Em vez de jantar eles foram tomar banho”.

Ao invés de  serve para mostrar uma substituição por coisas opostas. Eu posso escrever “Ao invés de subirem, desceram a rua”.

Observe que uma tem Z e outra não… uma tem acento e outra não.

No trecho da minha aluna, o correto é “em vez de”.

Ajudei?! 😉

__________________________________

Tem promoção sempre aqui…

Interpretação faz falta né? Aqui tem curso pra isso!

 

 

 

 

Anúncios

Chutando o traseiro do senso comum…

Lembram-se do que eu falei sobre os livros do psiquiatra Theodore Dalrymple?

 

Pois bem, vocês sabem que eu adoro os livros dele, porque são um chute no traseiro de vários sensos comuns que temos, e aqui estou postando pra vocês uma entrevista que ele deu a um “talk show” brasileiro, muito recentemente, no qual ele dá um chute no traseiro de alguns sensos comuns tão comuns que você nem imaginaria que poderiam ser falhos… Vejam do minuto 3:15  até o 12:48…

 

 

__________________________________

Você tem coragem de usar reticências na redação?

Você sabe dividir sílabas? Confesse…