Você aprende a montar parágrafos assim?

Um internauta deste blog me questionou sobre seu treino de redação num colégio paulistano. Ele aprendeu que cada parágrafo precisa ter uma conclusão.

Eu já tive alguns alunos que tinham aprendido assim, e para eles fazer um parágrafo era como fazer uma escultura: super trabalhoso.

Nós queremos que o aluno escreva o parágrafo facilmente, sem suor e lágrimas. E esse tipo de criação de parágrafos cria problemas.

Quando o aluno escreve um parágrafo e o conclui, ele fica olhando para o papel sem saber o que escrever depois… porque ele já concluiu! Percebe? A conclusão fecha o raciocínio, e ela é para fim de dissertação. Você pode concluir trechos internos do texto, claro; mas se você conclui o parágrafo, o próximo parágrafo não vai mais estar na sequência, concorda? Ele será “outra coisa”, sem continuidade. E aí vão dizer que seu texto não tem coesão…

Um texto só é um texto se houver ligação entre parágrafos.

Para a maioria dos vestibulares e concursos esse método não funciona, como acabei de explicar. Entretanto, esse tipo de parágrafos dissertativos isolados são bem interessantes para provas como a da UFPR, em que os textos pedidos têm 1 ou 2 parágrafos. Aí vai bem fazer uma conclusão para o parágrafo 🙂

 

Sua prova é concorrida? Então você encontrou o curso ideal

Veja onde estão meus ex-alunos vestibulandos!

Veja onde estão meus ex-alunos concurseiros!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s