Aluna bloqueada que escreve muito bem!

Dê uma lida neste email que recebi esta semana, de uma futura aluna do meu curso virtual.

“Gostaria de iniciar esse email dizendo que conhecer seu site e seu trabalho foi um verdadeiro presente para o meu dia, assim como uma ajuda diante de uma decisão que preciso tomar:

Meu nome é ***, tenho 18 anos e concluí o ensino médio em 2016. Também neste ano prestei os vestibulares para Medicina, e fiz as segundas fases da Fuvest e Unesp, nas quais infelizmente não fui aprovada. Contudo, consegui pelo Sisu uma vaga na UNIFAL, que, claro, é uma grande faculdade, mas ainda sonho em estudar aqui em SP, sobretudo na USP. Diante dessa situação, preciso escolher entre abdicar desse sonho ou enfrentar um ano de cursinho, e o que mais me impede nessa última opção é meu medo (a nível de chorar) de redação. Minhas notas foram: 900 no Enem, 80 na Fuvest e 24 na Unesp. Sei que não são notas excepcionais, mas as conquistei à custa de muito treino. Assim, superei barreiras como “ficar olhando para a folha de redação sem saber como começar” ou “demorar horas e horas para concluir a redação”, mas tenho alguma trava psicológica/emocional que me impede de tornar o processo mais fluido e menos doloroso. Tenho uma enorme dificuldade em expressar criatividade, e me prendi a uma estrutura tão fixa por sentir nela uma certa segurança, ao mesmo tempo em que sinto que ela não é suficiente para a Fuvest, o que me causa insegurança. É um paradoxo do qual não consigo sair sozinha.

Enfim, senti tanta certeza em seu trabalho e por isso decidi a contatar em busca de ajuda.”

Observe, primeiro, como essa futura aluna já escreve bem. Ela escreve muito bem! Ela é totalmente clara, pontua perfeitamente…

Dentre meus alunos com bloqueios é muito comum que eles escrevam muito bem – o bloqueio normalmente não tem a ver com “não saber gramática” ou “não gostar de ler”. Curioso, não?

Observe, em seguida, que a aluna foi muito bem, inclusive em redação, nas provas que fez. Por ser um curso muito concorrido, infelizmente as notas altas ainda não foram suficientes. Essa situação – aluno que tira notas altas e é estudioso, mas não consegue passar – pode levar a um bloqueio por si só; trata-se de uma experiência negativa que não é esperada, já que o aluno é estudioso, ora bolas! :/

E por último observe que a própria aluna já percebeu que por trás de seu bloqueio está a estrutura fixa, que funciona até certo ponto, mas não funciona para vestibulares mais concorridos. Essa estrutura fixa nada mais é que aquela coleção de regras que estão pela internet e nas escolas e cursinhos.

Mas vamos cuidar dela 😉

Vamos escrever fácil e rápido?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s