Temas “filosóficos” no vestibular

Você já ouviu falar que alguns vestibulares dão temas mais filosóficos?

Pois é, eu estive pensando… eu acho que não existem temas filosóficos.

Pense comigo: a Fuvest uma vez perguntou se os fatos, os objetos são relativos ou absolutos, e incluiu um quadro de Magritte, este aqui:

cachimbo

“Isto não é um cachimbo”

Parece um tema filosófico, não é?

E parece um tema difícil, não é?

A gente tende a achar que falar sobre si próprio, sobre comportamento das pessoas, sobre conceitos é difícil e, portanto, é coisa de filosofia!  😀

Filosofia hoje já não tem a ver com coisas difíceis! Você já viu os vídeos da filósofa Márcia Tiburi sobre felicidade?! Super concretos! Quem pode achar aquilo difícil de ser entendido? É coisa do dia a dia!

Pois bem, voltando à tal proposta da Fuvest, vários alunos meus e candidatos da própria Fuvest não enveredaram pela filosofia para dar seu parecer sobre o caso! Escolheram outras abordagens. E deu tudo certo!

Claro que eu posso dar meu parecer sobre essa história de relativo x absoluto a partir de uma abordagem (=um ponto de vista) filosófica. Se eu acho que a filosofia pode me ajudar a explicar minha opinião, posso fazer isso e seria perfeito.

Mas eu também posso explicar o caso citando algum experimento psicológico sobre nossa percepção das coisas, e como nossos sentimentos influenciam nisso… e seria perfeito também! Seria uma abordagem psicológica!

Isso indica que filosofia é uma forma para explicarmos nossa posição sobre o tema! Mas o tema em si pode ser visto de outra forma, tranquilamente.

Pense de novo comigo: o tema “liberar ou não todas as drogas no Brasil” parece não ter nada de filosófico, mas eu posso pender para esse lado filosófico se eu quiser! Eu posso mergulhar na filosofia do direito do ser humano em encarar como quiser suas fragilidades, e se drogar como quiser, desde que seja responsável pelo que faz! Não é filosófico?!

Mas eu posso também mostrar as complicações de saúde pública envolvidas… e aí eu não enveredo pela filosofia! E fica perfeito do mesmo jeito!

E uma abordagem psicológica também não seria mau… eu mostraria as causas por trás do vício nas drogas e tal… Daria certo também!

 Então o tema em si é neutro!!

Estou dando uma olhadinha nas proposta que tenho aqui arquivadas, e chego a achar que só existem temas comportamentais ou intimistas (sentimentos)… E esses temas todos podem ser avaliados sob uma ótica filosófica, se for desejo do candidato, ou sob outras óticas.  A filosofia seria só uma abordagem possível para um tema! E quem escolhe a abordagem é você!

Talvez os alunos achem que tema filosófico é aquele que inclui textos escritos por filósofos! Isso também não faz sentido, porque o filósofo está apenas dando seu parecer (de filósofo, claro) sobre um tema, mas o tema é neutro.

O que acham disso?

Bem, se você acha que não nasceu para esses temas tipo Fuvest, é só fazer meu curso e rapidinho você vai falar de qualquer tema. Promessa é dívida!

Veja  minha PROMOÇÃO… jura que ela não te agrada?

Anúncios

9 respostas em “Temas “filosóficos” no vestibular

  1. cara professora, eu sou Julieta e queria perguntar sua opinião sobre alguns cursos de redação para mim. A senhora conhece o [editado] e o [editado]?? Será que eles seriam bons para mim? Eu não tenho muita base de redação porque fiz escola pública e agora pretendo fazer relações internacionais, e tenho que conseguir uma faculdade pública. Espero sua resposta, seu blog é muito bom.

    Curtido por 1 pessoa

    • oi Julieta, tudo bem? Sua base de redação é igual à base de redação de quem faz colégio particular! Pode acreditar em mim! Eu não vejo diferença entre meus alunos de escolas públicas e de particulares.
      Eu editei os nomes dos cursos que você citou porque não é ético fazer comentários desse gênero; até porque o problema não é o curso em si, e sim o método. Tem gente que se dá bem em cursos com regras e em grupo como eles (sim, eu conheço esses dois porque tenho tido alunos oriundos deles). A única coisa que posso assegurar é que você levará mais tempo para deslanchar sua redação nesse tipo de curso, que num curso individual que não se baseia em regras. Mas veja aqui o que eu já falei sobre isso pra te ajudar a escolher!

      Curtir

  2. olá professora, queria pedir uma opinião sua, eu fiz todos os cursos que você imagina de redação. Eu fiz cursos muito bons, com professores muito bons e aprendi muitas coisas úteis lá, escrevo bem, tenho notas altas, só que eu estou indo para meu 6o. ano de vestibular de medicina e eu não aguento mais, estou super cansada, minha nota não passa dos 8 e eu preciso mais que isso. Ponho tudo que aprendi na redação mas não consigo um 10. E ultimamente eu já estou ficando com um pouco de bloqueio, medo não sei.
    Vi seu site, li vários posts bons, e não sei se você conseguiria me ajudar. Gostaria que você fosse sincera; eu conseguiria aumentar minha nota com seu curso? Estou perdida, não sei o que fazer. 😦

    Curtir

    • oi Sara, obrigada pela visita!
      Sara, não há como garantir que vc consiga um 10 na redação, em curso nenhum. É que redação não tem gabarito, porque não tem “uma resposta única e certa”. A redação é para medir sua capacidade de ser clara, organizada, e sua maturidade. Então vc vai aprender nos vários cursos técnicas, e vai treinar bastante. Quanto mais treino, mais próxima do 10 vc fica, garantido.
      Eu imagino como vc está cansada, eu vejo sempre meus alunos e sei o que é isso 😦 …
      O que falta para vc deve ser treino. Eu tenho o curso de aperfeiçoamento que é bem “leve”, se vc topar… são aulas de 45 minutos. Só acho que vc não precisa mais fazer curso, tá?

      Curtir

  3. faço um curso de redação para vestibular com um professor muito bom, em grupo, comecei este ano. Mas agora lendo seu blog eu fiquei com vontade de fazer uma aula teste com você. tem como? O curso que faço ocupa uma tarde toda que está me fazendo muita falta, e eu também, me identifiquei com alguns problemas que você fala, de demorar, de ficar meio perdido no parágrafo III, . Incrível mas é bem isso. Aguardo resposta.

    Curtir

    • oi Leandro, um prazer tê-lo por aqui! pode fazer sua aula, mas não será uma aula teste, será uma aula de verdade, como as aulas dos meus alunos! As aulas aqui são rápidas, até de 45 minutos, e, se vc quiser ser meu aluno, vai ganhar mais uma tarde para estudar outras disciplinas. Vou te enviar por email os horários que tenho para sua aula, ok?

      Curtir

  4. Olá professora, estou fazendo um curso com o professor **** mas não estou me dando muito bem, acho que não consigo acompanhar o ritmo, tenho mil dificuldades. E pra piorar eu descobri que o professor não é professor de português. A senhora teria aulas particulares? Acho que seria melhor pra mim, porque eu fico muito ansiosa pra escrever e não sai nada.

    Curtido por 1 pessoa

    • oi Grazi! Brigadão pelo comentário! Conheço de nome o curso que vc faz, e tenho tido alunos que vêm desse curso, mas não conheço o professor. Os meus cursos, Grazi, são todos individuais, desde 1999 não tenho mais cursos em grupo; certamente para o seu caso, que tem um bloqueio, só funciona o curso individual. Eu vou enviar um email pra vc, ok? Lá tem todas as informações. Beijo!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s