É bom incluir sociologia e filosofia na redação?

Acabo de ler  num grupo do facebook a pergunta de um aluno de cursinho: “vale a pena assistir às aulas de sociologia e filosofia?”.

Os colegas disseram que sim, que fazia diferença, especialmente para os vestibulares da Fuvest, Unesp e Enem.

 

Bem, eu diria que é bom sim, quanto mais se aprender melhor! E tanto sociologia quanto filosofia ajudam o aluno a observar o mundo. Observar o mundo é muito importante para sempre! Imagine o futuro de alguém que só olha a telinha do celular! Que profissional será esse? Qual a visão de mundo que ele tem?!

Então assista a essas aulas de filosofia e sociologia!

Entretanto não pense em pôr lá na sua redação o que você leu ou aprendeu nessas aulas só porque você acha que é um bom conteúdo.seu parecer, sua opinião, mostre por que você achou importante escrever aquilo ali na sua redação. Não  ponha nada de graça. Você não ganha ponto a mais porque  incluiu filosofia ou sociologia, você ganha pontos pelo seu raciocínio, seu parecer.

Enfim, não é nada obrigatório incluir sociologia ou filosofia na sua redação, dá pra passar perfeitamente sem isso, mas se você quiser incluir, deixe claro por que aquilo é importante pra você!

***

O curso de redação mais eficiente do Brasil já tem reservas para agosto de 2016!

“Basta” é coloquial? O que você acha?

 

Anúncios

10 respostas em “É bom incluir sociologia e filosofia na redação?

  1. eusempre ponho frases de filósofos, ou cito Platão, por que me ensinaram a fazer isso no começo do cursinho 😦 será que faz mal? eu também acho muito chato, e nem dá tempo pra falar muita coisa fazendo isso…. … nossa, quanta coisa inútil que a escola ensina :p

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: A professora mandou usar Bauman na dissertação… | escrevacertoblog - quebrando o tabu da redação

  3. oi prof estou vendo suas correções lá no facebook , você mostra coisas que agente não vê, achei bem completas. Queria saber quanto tempo eu levaria para conseguir tirar uma nota 8 na FUvest fazendo sua correções. Eu não fiz nenhuma redação este ano, estou prestando Marketing e estudo sozinha.

    Curtido por 1 pessoa

  4. oi Marina, obrigada pelo contato! Sim, minha avaliação (e não correção!) tem aspectos que dificilmente você vai encontrar por aí, por isso até meu curso virtual é rápido e funciona. Não sei quanto tempo você levaria para chegar aos 8, porque não sei o nível da sua redação agora. Eu posso te dar uma noção do que geralmente acontece: meu curso completo de redação com aulas de 1 hora tem 12 aulas. Geralmente são suficientes para chegar à nota desejada. Mas há casos sim de alunos que precisam de mais umas 4 aulas, e há alunos que saem do curso antes das 12 aulas porque já conseguiram chegar lá. Ajudou?

    Curtir

  5. Professora, eu fiz a Fuvest como treineira e achei a redação bem difícil, eu queria saber se preciso ler livros de filosofia porque este ano vai ser pra valer e eu quero muito passar direito. Vou prestar Direito. O que eu preciso ler?

    Curtir

    • oi Jani, o tema da Fuvest não me pareceu difícil; talvez você não tenha é treino de interpretação, isso sim. Inclusive o texto não era difícil propriamente. Acho que você ficou impressionada com o autor do texto: um filósofo. Isso não significa que a sua redação tem que ser filosófica (você está no ensino médio, por favor…), nem que você tem que ler filósofos para passar na redação da Fuvest. Nada a ver… Na sua redação você só precisa “dialogar” com o autor do texto – concordar, discordar, analisar… falar o que você quiser. Pode ler filosofia se quiser, mas isso não te garante fazer uma redação boa, ok? Vamos treinar sua interpretação? Senão você vai demorar muito pra escrever sua redação e você tem uma ótima chance de passar direto 😀

      Curtir

    • mas se eu ler filosofia e puser essas coisas na redação não seria melhor? eu não ia ganhar mais pontos? não é importante ter conteúdo na Fuvest?

      Curtir

      • Não, mais pontos vc não ia ganhar, Jani. Não existe o critério de “mais pontos para quem citar nomes de filósofos ou conteúdo de livros de filosofia”. O corretor não é um filósofo, ele só pode corrigir (avaliar) o que ele domina. Agora, a redação de um aluno que lê por hábito (não leitura para ter conteúdo para prova) é bem mais saborosa que a redação de alguém que nunca pensou sobre assunto nenhum, concorda? Então sempre que você ler textos filosóficos, ou sociológicos, ou psicológicos, ou seus livros de literatura, ou revistas semanais, ou livros do seu gosto PENSE sobre o que leu, PENSE. O que interessa na redação é o que vem aí da sua cabeça, e o corretor percebe facilmente se é você que está dizendo tudo aquilo ou você copiou de algum lugar…

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s